Diferenças entre edições de "Xarchiver"

De LXDE.org
Ir para: navegação, pesquisa
m
Linha 1: Linha 1:
{| class="infobox" " align="right" cellspacing="4" cellpadding="1" style="width:20em; font-size:90%; text-align:left; border:1px solid grey; margin:1em; background:ghostwhite;"
+
{| class="infobox" align="right" cellspacing="4" cellpadding="1" style="width:20em; font-size:90%; text-align:left; border:1px solid grey; margin:1em; background:ghostwhite;"
 
| colspan="3" align="center"| '''XArchiver'''
 
| colspan="3" align="center"| '''XArchiver'''
 
|-  
 
|-  
Linha 32: Linha 32:
 
|-  
 
|-  
 
| '''Site'''
 
| '''Site'''
| [http://xarchiver.xfce.org xarchiver.xfce.org]
+
| [http://xarchiver.xfce.org/ xarchiver.xfce.org]
 
|}
 
|}
 
+
O '''Xarchiver''' é um front-end para várias ferramentas de arquivamento em linha de comando para os sistemas operacionais GNU/Linux e BSD, desenhado para ser independente de ambientes gráficos. Ele é o compactador padrão do LXDE e do XFCE.
O Xarchiver é um front-end para várias ferramentas de arquivamento em linha de comando para os sistemas operacionais GNU/Linux e BSD, desenhado para ser independente de ambientes gráficos. Ele é o compactador padrão do LXDE e do XFCE.
 
  
 
Compactador baseado em gtk+, leve, rápido e independente de ambiente gráfico. Nós o sugerimos como seu compactador padrão.
 
Compactador baseado em gtk+, leve, rápido e independente de ambiente gráfico. Nós o sugerimos como seu compactador padrão.
Linha 43: Linha 42:
 
Formatos com suporte até o momento (v. 0.5) são: 7z, ARJ, bzip2, gzip, lzma, RAR, RPM, DEB, tar, and ZIP. Xarchiver usa o protocolo Direct Save XDS para operações de arrastar-e-soltar, no ato da compactação. O programa age como um front-end para várias bibliotecas instaladas comumente, lidando com os formatos de compressão suportados.
 
Formatos com suporte até o momento (v. 0.5) são: 7z, ARJ, bzip2, gzip, lzma, RAR, RPM, DEB, tar, and ZIP. Xarchiver usa o protocolo Direct Save XDS para operações de arrastar-e-soltar, no ato da compactação. O programa age como um front-end para várias bibliotecas instaladas comumente, lidando com os formatos de compressão suportados.
  
==Links externos==
+
== Links externos ==
 
* [http://xarchiver.xfce.org/ Site oficial do Xarchiver]
 
* [http://xarchiver.xfce.org/ Site oficial do Xarchiver]
 +
  
 
[[Category:Softwares de compactação livres]]
 
[[Category:Softwares de compactação livres]]
Linha 50: Linha 50:
 
[[Category:Componentes do LXDE]]
 
[[Category:Componentes do LXDE]]
 
[[Category:Módulos do LXDE]]
 
[[Category:Módulos do LXDE]]
 +
 +
[[de:Xarchiver]]
 +
[[en:Xarchiver]]
 +
[[es:Xarchiver]]
 +
[[fr:Xarchiver]]
 +
[[pl:Xarchiver]]
 +
[[sv:Xarchiver]]
 +
[[zh:Xarchiver]]

Revisão das 06h27min de 4 de maio de 2010

XArchiver
XArchiver.jpg
Desenvolvedor Giuseppe Torelli
Última versão
Data de lançamento
Atualizado com frequência Sim
Linguagem de Programação C
Plataforma Linux
Status Ativo
Gênero Arquivador
Licença GNU General Public License
Site xarchiver.xfce.org

O Xarchiver é um front-end para várias ferramentas de arquivamento em linha de comando para os sistemas operacionais GNU/Linux e BSD, desenhado para ser independente de ambientes gráficos. Ele é o compactador padrão do LXDE e do XFCE.

Compactador baseado em gtk+, leve, rápido e independente de ambiente gráfico. Nós o sugerimos como seu compactador padrão.

Ele usa o kit de ferramentas de programação GTK+2 para disponibilizar sua interface, embora possa ser executado em qualquer sistema onde há suporte ao GTK+2. Um grande número de outros aplicativos também usam o kit de ferramentas, por isso o suporte é difundido entre outras distribuições Linux não importando sua solução de desktop. O LXDE adotou o Xarchiver como o compactador padrão.

Formatos com suporte até o momento (v. 0.5) são: 7z, ARJ, bzip2, gzip, lzma, RAR, RPM, DEB, tar, and ZIP. Xarchiver usa o protocolo Direct Save XDS para operações de arrastar-e-soltar, no ato da compactação. O programa age como um front-end para várias bibliotecas instaladas comumente, lidando com os formatos de compressão suportados.

Links externos